• Ana Rita Silva

O Food4Sustainability abriu as suas portas ao mundo!

No passado dia 12 de julho de 2021, o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Professor Doutor Manuel Heitor, inaugurou, juntamente com a Ministra da Coesão Territorial, Professora Doutora Ana Abrunhosa, o Food4Sustainability CoLab, sedeado em Idanha-a-Nova.



As boas-vindas a todos os presentes estiveram a cargo do Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, Engenheiro Armindo Jacinto que desde o início, sempre, apoiou este projeto com grande estima e acredita que o CoLAB irá ajudar a que “o mundo seja feito a partir de Idanha-a-Nova”.


A Ministra da Coesão Territorial, Professora Doutora Ana Abrunhosa, congratulou o Food4Sustainability pela sua inauguração, reconhecendo que “o seu foco é encontrar novas soluções para problemas de grande escala nos sistemas alimentares e que correspondem às novas agendas europeias”. Reconheceu, também, que este género de iniciativas “são muito importantes no momento de viragem, no que toca à agenda para a sustentabilidade que vivemos hoje, nomeadamente, produzirmos alimentos sem recorrermos a produtos químicos, tornarmos mais sustentável e eficiente a utilização que fazemos do solo e da água, e minimizarmos o impacto ambiental da nossa agricultura e da indústria alimentar, combinando ao mesmo tempo com rentabilidade destas atividades económicas”. A Doutora Ana Abrunhosa, sublinhou ainda que os laboratórios colaborativos do interior “têm ajudado a gerar novas dinâmicas nestes territórios e ajudado a chamar à atenção da população de todo o país para aquilo que se faz bem e que se pode fazer de forma extraordinária a partir daqui”, aliando “a ciência, o conhecimento e a inovação às atividades tradicionais”.


Aos corpos dirigentes, Engenheiro Nuno Serra, presidente do Food4Sustainability e Engenheiro Gonçalo Amorim, CEO da BGI-Building Global Innovators e vice-presidente do Food4Sustainability, coube a apresentação do CoLAB e seus associados, a agenda de inovação, assim como de toda a equipa.


O Doutor Ricardo Chagas, diretor técnico e científico do Food4Sustainability, mostrou alguns dos projetos em curso, evidenciando projetos de valorização de subprodutos e, dois demonstradores, o de agricultura sustentável e de aquaponia, que estão a ser implementados e que visam testar, executar e disseminar novas abordagens aos sistemas alimentares. Neste seguimento, a Doutora Claúdia Costa, investigadora de operações do Food4Sustainability e responsável pelo F4S Academy, partilhou algumas das atividades que estão a ser desenvolvidas. Destacou a franca atividade do F4S Academy que conta já com a realização de 10 webinars (em 3 meses), e do BioLog (uma plataforma que agregar todos os interessados numa aceleração da transição para sistemas de agricultura biológica e sustentável), entre outras.


O encerramento do evento foi realizado pelo Professor Manuel Heitor, que afirmou que “estes laboratórios correspondem a um novo estado de maturidade da nossa capacidade científica e de inovação, orientados para a criação de valor que se reveste numa questão essencial: criar emprego qualificado e melhor qualidade de vida”. “O sucesso deste laboratório, passa primeiro por criar valor aos seus parceiros e, depois, obviamente, por exportar, ajudar e facilitar esses sócios para exportarem e criar valores de maior valor acrescentado em mercados globais”.


Durante o evento, os convidados presentes tiveram a oportunidade de visitar o demonstrador de agricultura sustentável localizados nas Hortas d’Idanha, no Ladoeiro. Este é o projeto living lab agrícola do Food4Sustainability CoLAB, composto por 13 hectares, que consiste num campo de ensaios dinâmico e demonstrativo, onde são desenvolvidas e testadas as mais recentes e inovadores técnicas agrícolas sustentáveis.

154 visualizações0 comentário