• Ana Rita Silva

Porquê Idanha-a-Nova?

Food4Sustainability CoLAB altera o paradigma do desenvolvimento rural e projetos inovadores em Idanha-a-Nova.


O Food4Sustainabily CoLAB, situado em Idanha-a-Nova pretende, entre muitos outros objetivos, alterar o paradigma do desenvolvimento rural e capacidade de projetos inovadores e arrojados.

Idanha-a-Nova é uma vila portuguesa no distrito de Castelo Branco, a meio caminho entre Lisboa e Madrid. Idanha é conhecida pela sua campina fértil e em tempos foi conhecida como o Celeiro da Beira Baixa – aqui o tradicional e o moderno coabitam em comum harmonia.

Idanha-a-Nova é considerada como Cidade da Música desde 2015, no âmbito da Rede de Cidades Criativas da UNESCO. Além de ter sido a primeira localidade portuguesa a entrar nesta prestigiada rede, foi também o primeiro território rural. Idanha-a-Nova conquistou o seu lugar entre capitais e grandes cidades de todo o mundo. Esta classificação por parte da Unesco é um reconhecimento do desempenho dos territórios de pequena dimensão/baixa densidade a uma escala global e é também, um estímulo que permite reforçar a estratégia de desenvolvimento do concelho.


Mais tarde, em fevereiro de 2018, o Centro Municipal da Cultura e Desenvolvimento, em parceria com a Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, integrou a Rede Internacional das Bio Regiões, colocando Idanha-a-Nova como a primeira Bio região de Portugal.

O F4S permitirá trabalhar e promover as mais vastas potencialidades do concelho de uma forma diferenciadora e sustentável, estimulando a criação de riqueza e emprego e tornando possível a coesão territorial, contrariando o despovoamento. Além disso, será possível praticar a bio economia circular na sua total forma, utilizando os hectares que estão subaproveitados ou sem utilização, reduzindo os desperdícios da produção agrícola e das agroindústrias, reduzindo a acumulação de resíduos e respondendo ao desafio imposto pelas alterações climáticas.


A agricultura biológica é outro grande pilar do CoLAB, que aliado à crescente procura deste tipo de produtos, mesmo a nível internacional, irá certamente atrair investimento nacional e estrangeiro e ajudar outros negócios, como a gastronomia e o turismo em espaço rural, contribuindo para o crescimento economia nacional. Idanha está no mapa internacional da indústria alimentar!

Nuno Russo afirmou que “Idanha pode ser o lugar para recomeçar a agricultura nacional, testar novas soluções e levá-la mais longe”!

De Idanha para o Mundo!

5 visualizações0 comentário